BEM VINDO!

LUISA MEDEIROS

  • Grafóloga, Professora Universitária e de Cursos Técnicos, Orientadora de Carreira e Consultora em Recursos Humanos com mais de 28 anos de experiência.
  • Desenvolve trabalhos em levantamento de potencial e competências, além de oferecer suporte à Área de Treinamento & Negócios.
  • Tem artigos publicados em jornais e revistas e participação em congressos internacionais.
  • Membro Professora (Título Oficial) da Sociedade Brasileira de Grafologia (Sobrag) e da Pan-Americana (Argentina – Buenos Aires).
  • Participou de Programas de TV e Rádio – GNT Programa Sai Justa, GLOBO JÔ SOARES e outros.

O que é a Grafologia? Qual é seu objetivo?

Grafologia é uma TÉCNICA de avaliação Expressiva e Projetiva. O primeiro livro de Grafologia foi escrito por um médico em 1622, portanto no século 17 e daí só vem a crescer. No Brasil no ano de 1900 teve uma tese defendida na Bahia por um médico. Existem teses atuais e sérias sobre o tema, inclusive dentro do ambiente Corporativo (Empresas). O grau de eficácia da técnica é grande.

O primeiro objetivo é analisar a personalidade e suas tendências.

Como é realizada a análise grafológica?

Analisamos vários traços e gêneros, nunca avaliamos nada de forma isolada. Não é analisado letra por letra e sim o CONJUNTO da grafia, ou seja, da redação. Sempre avaliamos a grafia ORIGINAL (não por fax ou computador) e a caneta (nunca a lápis, pois o lápis vai gastando e muda a pressão da letra).

O que o estudo da escrita analisa no indivíduo?

Analisamos inúmeras características de personalidade, muitas competências; tudo dependerá do perfil do cargo para vermos qual o grau de aderência que o avaliado possui para exercer a função desejada. Uma pessoa nunca é reprovada ou aprovada só pela análise grafológica, pois o perfil somente vê as tendências, às vezes, a pessoa não serve para uma vaga, mas está totalmente identificada com outra dentro da empresa. Introversão x Extroversão, Aspectos de Liderança e Tipos de Liderança, Energia, Nível Intelectual, Sociabilidade, Autoestima, Marketing Pessoal e Profissional, Ritmo de Trabalho, Aspirações Pessoais e Profissionais, Planejamento em curto, médio ou longo prazo, Planejamento Estratégico, Visão Sistêmica, Poder de Imaginação, Capacidade de Decisão, Força, Autoconfiança, Automotivação, Nível de Perseverança, Otimismo, Teimosia, Rigidez ou Flexibilidade, Sabe transmitir ideias e informações a equipe ou não? Força de Vontade Ativa, Preguiça, Qualidade ao executar um trabalho ou não? Poder de Observação, Capacidade de Improvisação, Criatividade, Associação de Ideias, Memória, Acuracidade na Detecção de Falhas, Precisão, Ordem, Obediência as Normas Vigentes, Relacionamento Interpessoal, Nível de Maturidade, Equilíbrio Emocional (Autocontrole / Autodomínio ou Impulsividade), Se é Ativa, Produtiva, Trabalhadora, Atuação Sob Pressão, Mediação de Conflitos, Resiliência, Persuasão, Assertividade nas Decisões e nas Negociações, Trabalho em Equipe, Como Lida com as Mudanças, Dinamismo, Arrojo, Proatividade, se a pessoa é Visionária ou não, Tipos Básicos dos Temperamentos, Questões Vocacionais, Ambição, Sensibilidade Técnica, Raciocínio Lógico, Poder de Concentração Mental, Combatividade, Pulso Firme, Carisma, Comunicação, Ética, se tem Traços de Mentiras, se é uma pessoa que tem uma “Personalidade de Risco”, Transtornos Mentais, Problemas Emocionais etc.

Como o modo de escrever pode afetar a vida das pessoas? E como a análise pode ajudá-las?

Em detrimento do exposto acima podemos elaborar um perfil grafológico (Hoje em dia raramente é mais chamado de laudo) e, com isto ver os PONTOS FORTES e PONTOS A DESENVOLVER sempre objetivando o crescimento do avaliado e nunca para denegrir a sua imagem. LEMBRANDO que os Perfis (Análises) são enviados somente ao cliente – existe ética e o perfil do avaliado permanece somente no Departamento de Seleção da empresa. Os Diretores podem vê-los, mas geralmente não ficam com os perfis, mesmo se ficarem é altamente sigiloso e sabem que o conteúdo é sigiloso e nenhum outro departamento terá acesso.

Quando o indivíduo escreve, ocorre uma expressão projetiva da personalidade. É possível mascarar algumas características? E identificar atributos de caráter?

Já informado na primeira pergunta. A Grafologia é ALTAMENTE Expressiva e Projetiva, pois a pessoa só tem uma folha de sulfite e uma caneta esferográfica, nada mais. Podemos dar o Tema ou deixar livre.

A pessoa pode tentar mascarar, porém temos o “olho treinado”, pois a Grafologia demanda MUITA TÉCNICA E DETALHES, inúmeros mesmo.

Quais sãos os principais traços e aspectos estudados na escrita de uma pessoa?

Todos os Detalhes da grafia e, traços especiais, acentos e principalmente os grandes gêneros: Ordem / Distribuição / Margens, Direção, Inclinação, Ligação / Continuidade, Forma da Escrita, Pressão, Dimensão (Tamanho), Zonas Gráficas (superior, média e inferior), Velocidade, Movimento, Equilíbrio entre ESPAÇO, FORMA E MOVIMENTO etc. É muita coisa para analisar e o trabalho é ALTAMENTE TÉCNICO.

É possível analisar não só questões individuais, mas sociais?

Sim, pois o indivíduo é o mesmo; há pequenas diferenças, mas no geral podemos sim.

Como a Psicologia atua neste estudo? Um psicólogo pode ser grafólogo?

A Grafologia está intimamente ligada a Psicologia, porém a pessoa não precisa ser Psicóloga para ser Grafóloga, por conta disto existe a Sociedade Brasileira de Grafologia que FISCALIZA os grafólogos. É um órgão independente; aqui no Brasil foi criado em 1977. Sou Membro e Professora Oficial (com título reconhecido) no Brasil em Grafologia, porém ministro cursos INDEPENDENTES, mas que estejam dentro dos parâmetros da SOBRAG. Hoje é exigida uma carga mínima de 60 horas para o curso básico. Em média deve-se estudar 02 anos para iniciar os perfis de forma independente e, mesmo assim, precisa ter a SUPERVISÃO de um professor habilitado.

A Grafologia como parte de processos seletivos em empresas é saudável? Como pode atuar no desenvolvimento da carreira?

Como já foi exposto acima existe alto sigilo nas informações e fazemos tanto para Seleção de Pessoal, Promoção Interna, Treinamento / Desenvolvimento, Ascensão de Carreira, Assessment, Coach, Orientação Vocacional, Planos de Aposentadoria etc. A Grafologia é MUITO utilizada no Brasil. Queremos lembrar que não se trata de ESOTERISMO. Tenho muitos alunos que já formei e minhas turmas são lotadas, pois há grande procura. Também Ministro Cursos de Grafologia In Company desde o nível básico até os mais avançados e algumas empresas fazem Supervisão. A pessoa deve ter NÍVEL SUPERIOR para fazer o curso (de preferência na Área de Humanas), mas, como já foi dito, não há necessidade de ser Psicólogo. Ministro cursos desde Auxiliares de RH até Diretores.

Há muita procura também por Pedagogos, Administradores, Assistentes Sociais, Advogados, Enfermagem, Terapia Ocupacional etc. Como disse outros profissionais podem se beneficiar desta técnica onde a margem de acerto é bem grande: em torno de 90%. LEMBRAMOS que nenhum Grafólogo pode e deve fazer diagnósticos médicos porque isto é privativo dos Médicos e Peritos. Jamais fazemos diagnóstico.